Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

21.09.18

Amigos da onça

Dylan
Um Tribunal do Porto condenou uma empresa ligada ao ramo corticeiro a reintegrar e a pagar uma indemnização por danos morais a uma trabalhadora que foi despedida ilegalmente através da artimanha "extinção do posto de trabalho".  Desde que regressou, nunca mais teve sossego e foi sujeita a vários tipos de discriminação que passam por proibir o acesso às casas de banho comuns, o estacionamento do seu veículo nas instalações da empresa, ao contrário de todos os outros (...)
29.03.13

Modelo de sucesso empresarial

Dylan
  O empresário que "criou milhares de postos de trabalho", que é considerado uma dos cidadãos mais ricos de Portugal, é apreciador de mão-de-obra barata. Não sei se quando cursou engenharia também pensava assim, mas existem sabedores que vão passando ardilosamente entre os pingos de chuva das crises políticas. Acho que sim, as (...)
26.11.09

Demência laboral

Dylan
  Uma fábrica que transforma subprodutos animais decidiu multar os seus trabalhadores se trouxerem a barba por fazer. Duvido que neste regulamento interno tenham sido ouvidos a comissão de trabalhadores ou as comissões sindicais, conforme o Código de Trabalho aconselha, como também acho estranho a administração já ter vindo a público dizer (...)
20.03.09

Em nome da crise

Dylan
As palavras do Engº Belmiro de Azevedo sobre a mobilidade laboral para Angola, e que "é preciso ganhar o direito a ter emprego começando às sete ou oito da manhã e terminando quando o trabalho estiver feito", é de uma desconsideração atroz para todos os trabalhadores. Bem sei que a personagem em causa é o maior empregador nacional mas também sei que prejudicou milhares de pequenos comerciantes, talvez ainda hoje vivendo na penúria. E o que dizer dos altos rendimentos (...)