Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

23.02.24

O último herói

Dylan
Morreu Alexei Navalny, o maior e feroz opositor de Putin, o homem que expôs a corrupção na oligarquia russa, o último dos heróis eslavos. Só alguém com grande coragem é que volta ao país que ama depois de ter sido alvo de um atentado, perdendo a oportunidade de se afastar de vez das perseguições políticas e dos envenenamentos muito característicos do governo. Apesar de ser uma figura controversa, o exílio de Navalny na Sibéria prova o medo e o enfraquecimento de um regime (...)
26.08.23

O país das coincidências

Dylan
A Rússia é um país cheio de coincidências que aumentaram com a invasão da Ucrânia. A morte do líder do grupo mercenário Wagner num acidente de avião, dois meses depois da rebelião contra Moscovo, acontece a seguir de outras bastante misteriosas entre jornalistas, empresários, oficiais russos, funcionários, aliados, opositores de Vladimir Putin e críticos do Kremlin. É o destino, é a telepatia, muitos decidiram suicidar-se ao mesmo tempo saltando de janelas e outros (...)
17.04.23

Porque é que não te calas?

Dylan
Depois da visita à China, o presidente brasileiro disse que a União Europeia, Nato e os Estados Unidos estão a estimular a guerra na Ucrânia. Na cabeça deste eminente "mediador de paz"- que não é mais do que um peão dos interesses da China e do Kremlin -, a Rússia não tem qualquer culpa no conflito. Para alguém que nunca impôs sanções financeiras à Rússia e faz este tipo de declarações, seria suficiente para jamais pôr os pés no parlamento no dia 25 de Abril, conforme (...)
05.04.23

Que grande "trinta-e-um"

Dylan
A Finlândia tornou-se o 31.º estado-membro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), é caso para dizer, mas que grande "trinta-e-um" para a Rússia em forma de derrota geoestratégica. Graças ao espírito belicista e ameaçador de Putin, a Rússia sentirá o bafo da NATO nos mais de 1300 quilómetros de fronteira com a Finlândia, precisamente um dos motivos, o seu alargamento, que alegou para invadir a Ucrânia. Seguir-se-á a adesão da Suécia, outro país que manteve (...)
22.09.22

Carne para canhão

Dylan
Vladimir Putin continua num estado de demência que gradualmente lhe afecta o juízo. Desta vez mobilizou reservistas para o conflito na Ucrânia, arrastando inexperientes cidadãos russos a ser carne para canhão. Aquilo que seria uma "operação militar especial" rápida transformou-se numa guerra prolongada, comprovando o desespero e as falhas na estratégia. O único meio de parar esta loucura será com uma forte reacção pública da sociedade russa, revoltando-se contra esta (...)
14.03.22

Falta de coerência da esquerda

Dylan
Existem pessoas que nunca desiludem pela falta de bom senso que debitam no espaço mediático. O líder do PCP, Jerónimo de Sousa, é uma dessas pessoas que a propósito da guerra na Ucrânia culpa toda a gente pelo conflito menos a Rússia, comportando-se como uma espécie de extensão do Pravda, órgão oficial do Partido Comunista da antiga União Soviética. É a falta de coerência de um partido que critica o "imperialismo americano" mas que no passado apoiou a invasão soviética (...)
24.02.22

Roleta russa

Dylan
Para percebemos a sacanice do Presidente russo em relação à Ucrânia e que vai provocar uma guerra no leste da Europa, imaginemos Espanha a reconhecer as "república populares do Minho e de Trás-os-Montes" como independentes de Portugal por causa das afinidades culturais com a Galiza, dando-lhes ajuda militar e financeira, só porque o seu chefe de governo sonhou com as antigas expansões territoriais do reino medieval de Castela e com a grande Ibéria. Nesta invasão do nosso (...)
19.04.18

Os bravos Capacetes Brancos

Dylan
  Parece que passou despercebido a muita gente a visita de dois Capacetes Brancos- organização de voluntários que assegura o resgate das vítimas e tratam de documentar cenas de guerra - a Portugal. Talvez porque os filhos ideológicos da ex-União Soviética não gostaram de ouvir os relatos e testemunhos de quem está no terreno e que aponta o regime sírio de Assad (...)
29.03.18

Quem tem medo da Rússia

Dylan
  Apesar de ainda não haver provas da tentativa de assassinato por parte do Kremlin de um antigo espião russo, esta história remete-nos para espisódios que aconteceram com personagens como Litvinenko, Anna Politkovskaia e Nemtsov. A Europa estava adormecida, assistiu passivamente à invasão da Geórgia, à anexação da Crimeia, ao retalhamento da Ucrânia e à fragmentação da Moldávia. Foi preciso um "ataque com arma química em solo europeu" para se perceber o que é a Rússia: (...)
02.03.18

A irmandade do sangue

Dylan
Sem querer lavar as nódoas de sangue que os EUA têm deixado no Médio Oriente, penso que neste momento a Rússia é o grande executor de cidadãos sírios, juntamente com o carrasco Assad. Há muito que Putin tem tiques de imperialismo e mostrar que é forte com os fracos. Invadiu a Geórgia, anexou a  Crimeia, retalhou o leste da Ucrânia, fragmentou a Moldávia e agora gaba-se de apresentar "armas invencíveis". Junte-se a estes figurões Erdogan, que tem trucidado os curdos,  e (...)