Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

14.01.19

O monte negro

Dylan
Não fiquemos escandalizados com o que está a acontecer no PSD, onde a ambição desmedida, o ego de um homem se sobrepõe aos interesses do partido, porque já aconteceu ao PS, em 2014, quando António Costa considerou a vitória de António José Seguro nas eleições europeias de "poucochinha" e o afastou da liderança. Costuma dizer-se que qualquer cópia é pior do que o original, ainda para mais feita por alguém que foi durante muito tempo líder parlamentar, uma caixa de (...)
22.02.18

Seja bem-vindo se vier por bem

Dylan
O PSD atravessa a fase mais crítica da sua existência e Rui Rio tem uma tarefa mais complicada do que aquela que o levou a ser o autarca que mais tempo presidiu à Câmara Municipal do Porto. O monte negro da oposição interna, o ressentimento portista dos pseudo notáveis da cidade e a relação com um governo que foi de brutal austeridade prometem (...)
04.10.17

O legado de Passos Coelho

Dylan
  Dá impressão que os eleitores quiseram dar uma vassourada no PSD nestas eleições autárquicas e os candidatos associados ideologicamente com o partido levaram por tabela. Já foi tarde, devia ter sido em 2015, por ocasião das Legislativas, mas mais vale tarde do que nunca - os portugueses afirmaram que não querem voltar aqueles anos de brutal austeridade porque afinal havia alternativa. O legado de Passos Coelho não é para esquecer, é um compêndio daquilo que não deve ser a (...)
21.02.17

Quintas-feiras chatas

Dylan
    As quintas-feiras são chatas, trazem a acumulação de dias de trabalho e lembra que o fim de semana ainda está longe. Talvez por isso, Cavaco Silva decidiu animar o período e lançar o livro "Quinta-feira e outros dias". Trata-se de uma suposta "prestação de contas aos portugueses" pela forma como exerceu o cargo de Presidente da República, sendo (...)
19.10.16

Travessia no deserto portuense

Dylan
O PSD continua a sua travessia no deserto, comprovado agora com a recente derrota nas eleições legislativas dos Açores. Veja-se também o caso da cidade do Porto onde  nem sequer apresentou candidato às próximas eleições autárquicas. Sei que não é fácil combater politicamente esta espécie de União Nacional em redor do independente Rui Moreira, apoiado pelo CDS e pelo (...)
29.09.16

Foi chão que deu uvas

Dylan
Não devo ser o único a achar que a política já "foi chão que deu uvas". Atente-se no exemplo do PSD: Alberto João Jardim dedica-se agora à representação num filme onde interpreta o papel de um "pastor visionário", só não sei como ele não consegui antecipar o valor (...)
28.04.16

"Crime", disse ele

Dylan
  O deputado Luís Marques Guedes, do PSD, acusou o ministro das Finanças de alegadamente ter prestado falsas declarações na comissão parlamentar do inquérito ao Banif. "Crime", disse ele, a fazer lembrar a versão masculina daquela antiga série (...)
08.02.16

A oeste nada de novo

Dylan
    Este não é certamente a mais agradável proposta de Orçamento do Estado para 2016 porque aumenta o Imposto Único de Circulação, o Imposto Sobre Veículos e os combustíveis, que aliados à manutenção das portagens nas ex-SCUT destruirão empresas e criarão desemprego. No entanto, não é um "gigantesco aumento de impostos" como descaradamente se queixa a (...)