Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

30.07.14

A maldita onda

Dylan
 Dizem que foi a onda, a maldita onda que arrastou para a morte seis jovens naquela madrugada fatídica de Dezembro, na praia do Meco. Mas eu e outros que gostam de levantar vagas recusamo-nos a aceitar que jovens tão bem formados se tenham colocado em tais perigos, iludindo-se em (...)
29.01.14

Capas negras da vergonha

Dylan
 A infeliz tragédia do Meco veio reavivar a discussão sobre as praxes. Mais importante do que debater se esses rituais sobre os caloiros são necessários, é apontar a dedo os fanáticos vingativos que foram humilhados no passado, os veteranos autoritários, as autoridades académicas, a praga de prevaricadores que vem distorcendo o modelo coimbrão. Responsabilize-se as reitorias, os órgãos de (...)
28.07.08

Praxes doentias

Dylan
Finalmente alguém foi castigado por humilhar os caloiros, através de multas pecuniárias. Em nome da tradição académica, uns meninos mimados, emproados, trajados de negro, pensam que a praxe é um circo onde vale tudo: insultos, tratamentos vexatórios e desrespeitosos. Bem sei que nem todos os veteranos são assim mas também acho que nem todos os caloiros têm a coragem para desmistificar o que se passa nas praxes. É o medo reverencial da figura enigmática - o Dux. Quando (...)