Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

26.12.16

O último Natal

Dylan
    A ironia de morrer no dia 25 de Dezembro, quando uma das suas canções mais famosas era sobre a época natalícia, tocando nas rádios ano após ano. Pode ter sido o último Natal de George Michael (Last Christmas), mas perdurarão eternamente as boas memórias dos maravilhosos anos 80, de despreocupações, da moda da ganga rasgada e do brinco em forma de cruz, na orelha. Nos anos 90 reinventou-se mas manteve a (...)
11.01.16

Heróis por toda a eternidade

Dylan
  Chamavam-lhe o "camaleão" mas para mim David Bowie era um mutante alienígena que trouxe conhecimento e inovação ao mundo terrestre do "rock and roll". O músico marcou e continuará a marcar gerações, vidas coloridas por melancólicos decibéis que viajavam entre o "pop", o "soul" e o "punk", pela fúria electrónica, por baladas arrebatadoras, por bandas sonoras que fazem parte da nossa essência. Em Bowie, a condição (...)
31.01.12

"Pimba" revisitado

Dylan
      Aquele que é considerado um dos melhores músicos de sempre fez recentemente 65 anos mas pouco destaque teve no nosso país. David Bowie é um artista completo, inovador da sua imagem e da sua música que ainda hoje se mantém actual. Revolucionou o rock, a cultura pop, o punk e a arte, mas parece não ter influenciando uma geração portuguesa "amorangada", sem referências, que idolatra personagens a que a comunicação social chama de "cantores" mas que apenas vão (...)
05.08.09

O músico poeta

Dylan
Quando passam 80 anos sobre o nascimento do músico José Afonso, é bom relembrar às actuais gerações quem foi o genial poeta que renovou o conceito de música popular portuguesa. Mais do que um mero activista de esquerda, lutou pelos oprimidos com total desprendimento material. Era um homem simples, dispensava a formalidade do traje académico e o estatuto de vedeta. Adorava o contacto com a natureza, e acima de tudo, o conceito de liberdade, pois só assim se pode explicar a sua (...)
30.06.09

Michael Joseph Jackson (Gary - 1958 / Los Angeles - 2009)

Dylan
    Uma criança num corpo de um adulto. Era assim Michael Jackson. A sua candura contrastava com a atitude arrebatadora que exibia em palco, uma espécie de predestinado com um talento invulgar e que enfeitiçava todas as gerações. A educação rígida traçou-lhe o futuro mas sonegou-lhe a infância, enquanto o seu direito de viver recatado era ameaçado à medida que os holofotes da fama acompanhavam o seu crescimento. Pulverizou recordes de vendas mas também (...)