Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

25.10.20

Torre de Babel

Dylan
  Desde o início da pandemia que Portugal parece a Torre de Babel, com toda a gente a falar em línguas diferentes sobre o coronavírus chegando ao ponto de vermos médicos a abrirem processos contra outros médicos. As autoridades de saúde também entram na confusão, perdem a total credibilidade ao autorizar certos eventos em prejuízo de outros, sem esquecer que no passado as máscaras davam "falsa sensação de segurança" e até o presidente da república falava orgulhosamente no (...)
16.10.20

Stay Away Políticos

Dylan
  O governo esteve razoavelmente bem na primeira onda da pandemia mas agora está a cair no ridículo e a contradizer-se no sentido de obrigar os cidadãos a usarem máscara em todos os espaços públicos - quando essa peça no passado "dava falsa segurança" - medida que não trava o aumento de infectados na Europa, e principalmente com a exigência em forçar as pessoas com telemóvel a instalar a aplicação "Stay Away Covid". Em sete meses, não foram capazes de procurar uma (...)
17.11.19

A febre do lítio

Dylan
A coberto de "cumprir as metas da descarbonização", da "transição energética", da "energia do futuro", a doença da mobilidade eléctrica que provoca a febre do lítio vai transformar o Alto Minho e Trás-os-Montes em escombreiras. O estado febril é tão alto que provoca alucinações pois querem convencer que haverá um elevado retorno para a economia local e uma perspectiva de riqueza. Felizmente que as populações estão medicadas contra estes "galambarismos" de interesses (...)
16.11.18

O lóbi do sangue

Dylan
Não devíamos estar a discutir a redução do IVA nas touradas mas sim a abolição do "espectáculo" tauromáquico. Sabemos que o Parlamento rejeitou recentemente uma proposta nesse sentido, mas não deixa de ser anormal que este seja o mesmo local onde foi aprovado um diploma que põe fim ao uso de animais selvagens nos circos e nas ruas, o respeito pelo bem estar animal. Insólito também é a regressão de valores morais e culturais, pois em séculos passados personagens como o (...)
24.10.17

O Triunfo dos Porcos

Dylan
Adoro animais e já fiz muitas loucuras por eles mas não posso concordar com a nova lei da entrada de animais de estimação em restaurantes. Isto ultrapassa o bom senso e já parece a fábula de Orwell, "O Triunfo dos Porcos", quando os animais passam a tomar decisões em detrimento dos humanos e onde o "animalismo" triunfa (...)
28.09.15

Só por masoquismo

Dylan
  Perante as sondagens que colocam este desgoverno pronto a exercer mais quatro anos, recuso-me a aceitar que estes inquiridos representem a população portuguesa. Estes estudos são um insulto a quase meio milhão de pessoas que foram obrigadas a emigrar, aos quase 30% da população em risco de pobreza ou exclusão social, e aos quase 600 mil desempregados, (...)
17.09.15

Vidas asfixiadas

Dylan
É tão conveniente apontarmos uma personagem como José Sócrates para descarregar as nossas frustrações pessoais e políticas. Dizem os justiceiros de taberna que "por ter estado preso é porque roubou", mas deve haver algum equívoco: o único primeiro-ministro que me confiscou metade do subsídio de Natal, através de uma sobretaxa no IRS, em 2011, ainda (...)