Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

04.06.21

País de pedantes

Dylan
  Cada vez mais vejo este país transformar-se numa nação de pedantes e lembrei-me daquele colega de trabalho sempre pronto a bajular o patrão mas quando a empresa necessita despedir alguém é o primeiro a levar um pontapé do traseiro. Vem isto a propósito do Reino Unido ter retirado Portugal da "lista verde", ou seja, ter considerado o nosso país um local inseguro para os turistas britânicos viajarem, isto dias depois da festança inglesa no Porto por ocasião da Liga dos (...)
30.05.21

Vizinhos pobres e ricos

Dylan
Imaginem os vossos vizinhos ricos ocuparem o pobre quintal onde moram e fazer uma festa de comes e bebes durante alguns dias, infringindo uma série de regras que estavam definidas, nomeadamente a limitação de ajuntamentos, a proibição do consumo de bebidas alcoólicas em espaços ao ar livre de acesso público e o distanciamento físico. É chamada a polícia, os mesmos agentes que há uns meses atrás multaram o dono do quintal por estar a comer gomas ao pé de uma máquina de (...)
12.05.21

Cabrita & Galamba

Dylan
  Depois do êxito da dupla de estilistas da moda italiana Dolce & Gabbana, o mundo político vê surgir a dupla socialista portuguesa Cabrita & Galamba. O ministro da Administração Interna continua a acumular situações desastrosas, desde o indecoroso pedido de requisição civil de um empreendimento privado que o tribunal suspendeu, até passar incólume pelos pingos da chuva do caso SEF e das golas antifogo. Quanto ao secretário de Estado, depois da polémica dos contratos (...)
05.05.21

Querido mudei a casa

Dylan
O Estado determinou  "a requisição temporária, por motivos de urgência e de interesse público e nacional", a totalidade dos imóveis de um empreendimento privado no Alentejo, uma espécie de "Querido mudei a casa" ou como tornar o nosso domicílio propriedade de outros em tempos de pandemia, com candidatos forçados, remodelações, materiais e mobiliários oferecidos pelos legais proprietários. Em vez de comportar-se como um "Okupa", controlando aquele espaço, os nossos líderes (...)
25.04.21

O pior 25 de Abril de sempre

Dylan
Foi irónico ver as comemorações do 25 de Abril na Assembleia da República, a chamada casa da democracia que recentemente autorizou o Presidente da República a declarar o 15º excessivo estado de emergência em Portugal, concedendo decretos-leis que atentam à nossa liberdade individual e colectiva. Os cravos deviam ser substituídos por urtigas, tanta irritação têm provocado na pele dos portugueses. Reparem bem no desplante, os diplomas do reforço dos apoios sociais devido à (...)
18.12.20

Comédia sanitária

Dylan
    Ao ver o Subdirector-Geral da Saúde anunciar na televisão uma série de recomendações para a época festiva, nomeadamente transformar a ceia em almoço de Natal, evitar entrar em cozinhas e promover encontros rápidos nas escadas dos prédios ou no quintal, pensei estar diante do verdadeiro mestre da culinária, parafraseando Quim Barreiros, ou mesmo de uma rábula do Gato Fedorento. Tratar pessoas como crianças, como se elas fossem incapazes de compreender a realidade, (...)
25.10.20

Torre de Babel

Dylan
  Desde o início da pandemia que Portugal parece a Torre de Babel, com toda a gente a falar em línguas diferentes sobre o coronavírus chegando ao ponto de vermos médicos a abrirem processos contra outros médicos. As autoridades de saúde também entram na confusão, perdem a total credibilidade ao autorizar certos eventos em prejuízo de outros, sem esquecer que no passado as máscaras davam "falsa sensação de segurança" e até o presidente da república falava orgulhosamente no (...)
16.10.20

Stay Away Políticos

Dylan
  O governo esteve razoavelmente bem na primeira onda da pandemia mas agora está a cair no ridículo e a contradizer-se no sentido de obrigar os cidadãos a usarem máscara em todos os espaços públicos - quando essa peça no passado "dava falsa segurança" - medida que não trava o aumento de infectados na Europa, e principalmente com a exigência em forçar as pessoas com telemóvel a instalar a aplicação "Stay Away Covid". Em sete meses, não foram capazes de procurar uma (...)
17.11.19

A febre do lítio

Dylan
A coberto de "cumprir as metas da descarbonização", da "transição energética", da "energia do futuro", a doença da mobilidade eléctrica que provoca a febre do lítio vai transformar o Alto Minho e Trás-os-Montes em escombreiras. O estado febril é tão alto que provoca alucinações pois querem convencer que haverá um elevado retorno para a economia local e uma perspectiva de riqueza. Felizmente que as populações estão medicadas contra estes "galambarismos" de interesses (...)
16.11.18

O lóbi do sangue

Dylan
Não devíamos estar a discutir a redução do IVA nas touradas mas sim a abolição do "espectáculo" tauromáquico. Sabemos que o Parlamento rejeitou recentemente uma proposta nesse sentido, mas não deixa de ser anormal que este seja o mesmo local onde foi aprovado um diploma que põe fim ao uso de animais selvagens nos circos e nas ruas, o respeito pelo bem estar animal. Insólito também é a regressão de valores morais e culturais, pois em séculos passados personagens como o (...)