Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

Seg | 10.02.20

Regresso ao passado

Dylan

Desktop-08-02-2020-22-09-48-610.png

 

Não está em causa a justa vitória do FC Porto no último clássico frente ao Benfica, mas o recente jogo entre estas equipas fez-me regressar ao passado, à década de noventa. Não houve guarda Abel mas houve Paulinho Santos a partir dentes e maxilares, não houve creolina no balneário mas houve a intimidação habitual: arremesso de bolas de golfe para o relvado, foguetes lançados na noite anterior junto ao Hotel onde pernoitava o Benfica, vandalização das suas casas e uma novidade este ano - bonecos insufláveis equipados de vermelho "enforcados" às portas do estádio. No filme habitual não falta o protagonista principal, o árbitro medroso e condicionado por um clima de ódio que vem das bancadas. Isto é uma guerra incentivada por dirigentes, malfeitores, grunhos, parasitas e fanáticos que vai acabar mal, pois ninguém sabe para que serve a “Autoridade para a Prevenção e o Combate à Violência no Desporto”, recentemente criada pelo Governo e que prometia segurança, valores éticos, respeito e tolerância.