Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

04.03.15

O país está melhor

Dylan
Primeiro foi o inenarrável líder da bancada parlamentar do PSD, Luís Montenegro, ao dizer, no ano passado, que "a vida das pessoas não está melhor mas o país está muito melhor"; recentemente foi António Costa dizer que hoje o país está numa situação "muito diferente" do que em 2011. E se ainda posso compreender, embora incrédulo, as palavras do secretário-geral (...)
10.11.14

Verdes de raiva

Dylan
Duvido que haja alguém que não concorde com uma política ambiental verde para o nosso planeta mas quando se fala em fiscalidade verde o caso muda de figura. Ainda pensei que a mãe natureza abrisse uma conta num "banco bom" e se investisse na despoluição dos rios, na reflorestação, na criação de áreas naturais, mas não, o destino é sempre o mesmo - os cofres do (...)
19.09.14

Perdoa-me

Dylan
  Este é o Governo do "perdoa-me", a fazer lembrar aquele programa televisivo dos anos 90 que promovia o entendimento entre pessoas desavindas. E se fica sempre bem pedir desculpa aos portuguesas, a harmonia entre os cidadãos e os governantes nunca será possível nesta relação de equívocos. Primeiro, Rui Machete, pedindo desculpa pelos processos judiciais que decorriam em Portugal contra empresários daquele (...)
07.05.14

Limpíssimo

Dylan
  Foi uma entrada suja pois recordo-me do momento em que a direita, com sede de poder, e parte da esquerda, traiçoeira, não aprovaram o PEC IV, o que nos conduziu à ajuda externa. De modo que esta "saída limpa" da troika é irónica para os portugueses que ficaram com os bolsos vazios e bem aspirados, com os seus recibos de vencimento e pensões bem asseadas. Três anos limpíssimos, da (...)
14.02.14

Rifados e bem esmifrados

Dylan
  Este é o Governo que tem vestido a pele de caça fantasmas perseguindo os fundadores dos partidos da sua coligação: primeiro foi Freitas do Amaral, agora é António Capucho. Este é o Governo que sobrecarrega os cidadãos com impostos e inventa sobretaxas, que corta nos salários da Administração Pública e nas pensões de velhice e sobrevivência aumentando a pobreza, mas num acto de (...)