Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

Dom | 10.07.11

Para Marte

Dylan

                                Foto da National Geographic

 

Dava-me jeito fugir para Marte e escapar à subida dos empréstimos de habitação, da subida do custo de vida, das ex-Scuts e do aumento de impostos. Em Marte, não há intrujões: não se chumba um Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC) por ser "um sacrifício inaceitável para a sociedade" para depois introduzir uma contribuição extraordinária sobre o subsídio de Natal. Em Marte não existem sacos azuis, só a coloração avermelhada do planeta e, apesar do pouco oxigénio que lá existe, o ar é mais respirável do que cá em baixo. Em Marte, o IVA não sobe na mesma proporção que as temperaturas negativas descem nem a minha reputação como devedor está ao nível de "lixo". Em Marte existe pouca água, em Portugal, todos metem água. Em Marte existe o sossego que eu precisava. 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Dylan

    11.07.11

    Claro, Pinguim. Vou construir uma espécie de Arca de Noé.:)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.