Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

Seg | 27.12.10

O último voo

Dylan

 

 

A propósito da quebra de relação entre o SL Benfica e o falcoeiro João Barnabé, que impossibilita que a águia Vitória volte a rasgar os céus do Estádio da Luz, quero lembrar o papel original do alentejano José Paixão na história dos símbolos vivos do clube. As suas aves, Sara e a Glória, podem não ter o prestígio e a realeza da Vitória mas contribuíram decididamente para a mística encarnada nos tempos em que, ser solidário e amar o clube, estava acima de qualquer interesse económico. É certo que a vida mudou, ninguém trabalha de graça, por isso mesmo, espectáculos degradantes que envolveram o tratador espanhol e os seguranças do SL Benfica deveriam ter sido acautelados afim de evitar a tentação de alguma comunicação social, sempre pronta a empolar situações e a dar tempo de antena a condenados por corrupção desportiva.

3 comentários

Comentar post