Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

29.11.19

Emplastros da bola

Dylan
Quando se fala na possibilidade de descer o IVA sobre a electricidade encolhendo assim a factura mensal da luz para particulares e empresas, surge a anedótica notícia de que o Presidente da Liga de Futebol pressionou o Governo para também reduzir o IVA sobre o preço dos bilhetes dos jogos à taxa mínima. Somos os campeões da electricidade e do gás mais caros da Europa em termos de poder de compra das famílias, mas esta gente está mais preocupada com os estádios vazios (...)
25.11.19

Jesus Superstar

Dylan
Ninguém mais do que Jorge Jesus pensa o futebol 24 horas por dia, por isso merece ter ganho estes dois últimos títulos no Brasil. Começou como o Messias do futebol mas agora transformou-se em Superstar, numa versão profana e musical com samba e funk carioca. Pontapeia a gramática e a matemática, por vezes é rude e irascível mas operou milagres ao ressuscitar clubes moribundos, ao multiplicar títulos e curar futebolistas dados como inválidos. Calou os descrentes que diziam que (...)
21.11.19

Avenida dos dejectos

Dylan
  Em Leça da Palmeira, Matosinhos, junto à Avenida da Liberdade, existe um passeio que percorre a orla marítima que vai desde a Casa de Chá da Boa Nova, passa pelo Farol de Leça até chegar à Piscina das Marés.  Nesse passeio, existe uma espécie de avenida ajardinada que acompanha o percurso. Lamentavelmente, este local partilhado por inúmeras  pessoas parece um "WC canino", tal a quantidade de dejectos deixados em plena via pública pelos animais e olimpicamente ignorado (...)
17.11.19

A febre do lítio

Dylan
A coberto de "cumprir as metas da descarbonização", da "transição energética", da "energia do futuro", a doença da mobilidade eléctrica que provoca a febre do lítio vai transformar o Alto Minho e Trás-os-Montes em escombreiras. O estado febril é tão alto que provoca alucinações pois querem convencer que haverá um elevado retorno para a economia local e uma perspectiva de riqueza. Felizmente que as populações estão medicadas contra estes "galambarismos" de interesses (...)
06.11.19

A lajeficação do Benfica

Dylan
Os benfiquistas já começam a ficar fartos das opções técnicas tomadas por Bruno Lage contra equipas europeias. É hora do treinador mudar de canal e em vez de ver os "Super Wings" começar a ver "Os Vingadores", da Marvel. Se a nível nacional os miúdos do Canal Panda vão salvando a temporada porque falta competitividade ao campeonato, lá fora não há desenho animado nem missão de equipa que os salve. Porque esta "lajeficação" do Benfica, esta mania de sepultar as ambições (...)
05.11.19

Salve-se quem puder

Dylan
A redução do preço dos passes mensais ajudou à sobrelotação dos transportes públicos e trouxe novos espécimes ao Metro do Porto que rapidamente adquiriram hábitos dos utentes mais antigos. Aqueles indivíduos que permanecem junto das portas, agarrados ao varão, numa espécie de "pole dance" que impede e dificulta a entrada ou saída de outros passageiros. Também existem outros exemplares que querem entrar à força no veículo, mesmo completo, sem dar prioridade os que (...)
28.10.19

A turma da escola

Dylan
  A primeira sessão da XIV legislatura que decorreu na Assembleia da República parecia o regresso às aulas de um grupo de adolescentes excitados. Um caloiro chegou tarde para chamar a atenção e foi exposto a bullying, uma situação de abuso de cadeiras por parte dos repetentes. Houve também desfile à moda do Portugal Fashion, um indivíduo passeou-se pelos corredores numa mistura de saia com batina. Na turma existem alguns sem "particular entusiasmo" em serem deputados porque o (...)
23.10.19

Bandos de malfeitores

Dylan
A decisão do presidente do Sporting em acabar com os apoios às claques do clube é um acto de coragem, farto de tanto parasitismo e intimidação. Algumas claques de futebol deixaram de ser um grupo de adeptos que apoia e acompanha a equipa para se tornarem numa seita de malfeitores pronta a obter proveitos financeiros do clube, onde o estilo de vida dos seus líderes não corresponde aos rendimentos declarados. Somente uma pequena parte dos seus elementos têm registo obrigatório, e (...)
17.10.19

A ferro e fogo

Dylan
Imaginem meia dúzia de políticos burgueses depois de um jantar bem regado com Cava num dos restaurantes mais caros da Madeira ao som de Montserrat Caballé, preparando e executando um referendo com vista à independência da ilha só porque têm uma bandeira própria e falam uma língua estranha. Depois do "sim" no referendo que ninguém reconhece, o Governo da Região Autónoma declara-se Estado, satisfazendo o jardinismo, uma espécie de separatismo radical. Imitando o trabalho (...)
07.10.19

Direito a não votar

Dylan
  O PDA (Partido da Abstenção) voltou a ser o grande vencedor das Eleições Legislativas. Claro que aparecem logo os democratas de ocasião dizendo que o voto devia deixar de ser um direito para se tornar num dever, assim ao estilo do regime norte coreano. Mas em vez de tratarem como criminosos as pessoas que decidem não ir votar, seria importante perceber os motivos para tão elevada abstenção. Não é pelos portugueses estarem desinformados, não é para ir à praia nem tampouco (...)