Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

27.07.21

Aquele cujo nome não pode ser pronunciado

Dylan
Morreu um dos "capitães de Abril", isso por si só devia ser motivo de profunda tristeza e respeito porque teve mais coragem num dia do que a maioria em toda a sua vida,  mas não, as redes sociais foram inundadas pelo ódio, ressentimento e até regozijo. Otelo Saraiva de Carvalho, cujo nome não pode ser pronunciado pelas viúvas do antigo regime, colocou a sua vida e carreira em perigo para arquitectar um plano que fez derrubar um sistema político sem sequer fazer uma única (...)
25.07.21

Autofagistas

Dylan
A cantora e bailarina Blaya ingeriu a placenta misturada num batido depois do seu recente parto. Ainda ontem lancetei um furúnculo e tive pena de não o trazer para casa juntando-lhe uns espargos. Temos que agradecer a esta nova moda de autofagistas porque abrem um sem-número de possibilidades na área da nutrição e da gastronomia em tempo de falta de alimento. Imagino a delícia e os benefícios clínicos que deve ser provar uma vesícula de cebolada, um apêndice com todos, umas (...)
20.07.21

Apologia do egoísmo

Dylan
    Lamento desiludir muito moralista mas como vacinado contra a covid-19 jamais admitirei que tratem os não vacinados - por opção ou por insuficiência de vacinas - como leprosos impuros e que se use um certificado digital inútil para segregar visto que a vacina não impede mas apenas diminui o risco de contrair o vírus. Chega a ser caricato ver alguém a quem foi dispensado tratamento diferenciado devido à sua orientação sexual tentar inferiorizar um não vacinado ou um (...)
04.07.21

O estado do país

Dylan
O Europeu de futebol serviu para deixar de reflectir sobre o estado do país, uma alienação colectiva de cervejas, tremoços e caracóis onde por instantes se despreza o constante aumento do nível de preços dos combustiveis que já não se verificava desde 2013. No intervalo do jogo, até dá para aprovar a lei de combate à desinformação que coloca o Estado a controlar "narrativas falsas ou enganadoras", uma espécie de censura à liberdade de expressão que lembra outros tempos. (...)
29.06.21

A chave do sucesso

Dylan
  Reflecti sobre a fraca prestação da Selecção portuguesa no Europeu de futebol e há coisas que têm de mudar. Precisamos do vice-almirante Gouveia e Melo como treinador e do seu camuflado que futuramente tornar-se-á tão icónico como o sobretudo cinzento do José Mourinho. A chave do sucesso passaria por contratar Manuel Luís Goucha como consultor de moda e alterar aquele feio equipamento azul turquesa com listas horizontais. Cristina Ferreira também podia relatar os jogos (...)
27.06.21

Voltar à normalidade

Dylan
Era impossível Portugal voltar a ter a sorte que teve em 2016, por ocasião do Campeonato Europeu de Futebol, em França. Na altura, os deuses alinharam-se e uma combinação de circunstâncias fizeram com que "Os Aurélios" enfrentassem selecções medianas como a Croácia, Polónia e País de Gales em fases decisivas do torneio. Passados cinco anos, quando se atravessam à frente equipas como a Alemanha e a Bélgica, a sorte deu lugar ao (h)azar(d) e Portugal foi colocado fora do (...)
16.06.21

Fado da sardinhada

Dylan
O arraial em homenagem de Santo António promovido pela Iniciativa Liberal misturando comício político com sardinhada causou muita celeuma chegando ao ponto dos seus apoiantes serem apelidados de "negacionistas", seja lá o que isso for. O partido de João Cotrim Figueiredo apenas usou dos mesmos privilégios que a classe política tem beneficiado desde o início da pandemia, como foi o caso da Festa do Avante, do 1º de Maio e das eleições presidenciais, pois dizem que não se pode (...)
04.06.21

País de pedantes

Dylan
  Cada vez mais vejo este país transformar-se numa nação de pedantes e lembrei-me daquele colega de trabalho sempre pronto a bajular o patrão mas quando a empresa necessita despedir alguém é o primeiro a levar um pontapé do traseiro. Vem isto a propósito do Reino Unido ter retirado Portugal da "lista verde", ou seja, ter considerado o nosso país um local inseguro para os turistas britânicos viajarem, isto dias depois da festança inglesa no Porto por ocasião da Liga dos (...)
30.05.21

Vizinhos pobres e ricos

Dylan
Imaginem os vossos vizinhos ricos ocuparem o pobre quintal onde moram e fazer uma festa de comes e bebes durante alguns dias, infringindo uma série de regras que estavam definidas, nomeadamente a limitação de ajuntamentos, a proibição do consumo de bebidas alcoólicas em espaços ao ar livre de acesso público e o distanciamento físico. É chamada a polícia, os mesmos agentes que há uns meses atrás multaram o dono do quintal por estar a comer gomas ao pé de uma máquina de (...)
22.05.21

Olha para o que eu digo, não olhes para o que faço

Dylan
Não preciso que chamem o Polígrafo para fazer "fact-checking", todos nós vimos o Presidente da República na sua visita à Guiné-Bissau andar pendurado do lado de fora do carro para cumprimentar a população que o recebeu de forma eufórica, chegando mesmo a sair da viatura para ir ao encontro da multidão, sem distanciamento físico, sem máscaras, sem qualquer tipo de respeito pelas medidas de prevenção da Covid-19, isto feito por alguém que, dias antes, se queixava dos custos (...)