Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

O irreal social

 

Apesar de ter sido na presidência de João Loureiro que o Boavista conquistou inúmeros êxitos desportivos, também não deixa de ser verdade que foi na sua batuta que o clube esteve envolvido e condenado no caso "Apito Final", onde foi relegado a descer de divisão.  Por isso, não se percebe o seu regresso através de acto eleitoral, a comiseração de milhões de dívidas acumuladas e a consequente autoflagelação dos sócios daquele emblema. É surreal, é o irreal ideal social popular do futebol!

Os dias do fim

 

Provavelmente no dia 22 de Dezembro já não vão ler estas linhas. O mundo acabou um dia antes, é o fim desta coligação política, quer Cavaco Silva queira ou não, é o fim desta pobreza que consome o país, o fim do desemprego, do constante assalto aos nossos salários em forma de impostos, de diluições. É o fim da inércia do Tribunal Constitucional, da justiça cega e muda, do desmembramento das políticas sociais, do esmagamento da função pública.  O país que está à venda, a retalho, vai desaparecer e com eles todos os chicos espertos que nos levaram ao fundo. Só assim será possível a desejada refundação - moral - deste país noutra parte do Universo.

O mágico Niemeyer

 

Quem como eu não liga muito à arquitectura moderna, não pode ficar indiferente ao trabalho de Oscar Niemeyer. O seu eterno legado parece ter saído de outro planeta onde o cimento é transformado milagrosamente em arte. Fábulas de curvas, de formas geometricamente arrojadas que tornaram o mundo num melhor local para viver, um Universo à mercê da criação deste mágico. 

A crise do Sporting



A crise do Sporting passa por políticas desportivas desastrosas: a venda e a dispensa de jogadores feitos na Academia que acabam por reforçar os seus rivais mais directos. Estranho clube este que empurra os defensores leoninos como Paulo Bento e Dias da Cunha borda fora, que faz incompreensíveis alianças e inspirações a norte para dizimar o leal rival da Segunda Circular. Diferentes? Só se for na dependência bancária que mantém o clube preso por arames, pois continuam em transe balbuciando que "o Sporting é muito grande".

Guilherme Espírito Santo

 

Vou contar-vos a história de um jovem que faleceu com 93 anos. Já viram alguém, um talentoso jogador de futebol ser campeão nacional, internacional, e ser recordista português em três especialidades no atletismo?! Uma força da natureza, um desportista na verdadeira acepção da palavra que ainda teve forças para derrotar o racismo. Obrigado Guilherme Espírito Santo por tantas glórias, por fazeres pulsar todos os corações encarnados.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D