Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

DYLAN´S WORLD

"Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi". (Henry David Thoreau)

Es.Corraç.Ados



 

 Hoje acordei como habitualmente sem nada para fazer mas com a vontade de ocupar ilegalmente uma escola desactivada pela Câmara Municipal há cinco anos. Nunca ouvi falar do conceito de propriedade privada e pública, não quero saber disso, mas tenho a impressão de que ela pertence à colectividade. Não tenho licenças nem os míseros 30 euros para poder cá estar, mas ameaço o presidente da autarquia e outros que forem necessários para poder lá residir. Tenho anónimos mascarados que me protegem nesta associação de deslavados da qual faço parte. Somos maus, artistas, dizemo-nos rebeldes e sabemos que haverá sempre um político interesseiro que nos dará razão, mesmo que seja no outro lado do rio.



Lembrar Abril

 

Não concordo nada que a Associação 25 de Abril se tenha demarcado das comemorações oficiais do 38º aniversário da "Revolução dos Cravos", a que se juntam em solidariedade Mário Soares e Manuel Alegre. Compreendo o desalento que grassa na sociedade e os constantes ataques que são feitos aos valores conquistados em 1974, mas a "Abrilada" será sempre para mim a data mais importante do país, e hoje, mais do que nunca, deve ser lembrada. Genuíno, de cravo na lapela, sem os activistas da moda e os infiltrados de ocasião, de nostalgia e alegria, o 25 de Abril permanecerá intocável, à prova de exterminadores de feriados e de saudosistas "marcelo-salazaristas".

Fim do ciclo

 

Penso que o ciclo de Jorge Jesus no Benfica acabou, se bem que a letargia dos seus dirigentes não lhes permita confessar o óbvio. Três épocas em que o rendimento da equipa oscilou entre o bom e o deplorável, onde nem todos os erros de arbitragem que levaram outros aos títulos podem justificar os fracassos, principalmente em jogos decisivos. Cultive-se a exigência, não é um qualquer mastigador de chicletes que pode fazer do Benfica a sua coutada, pavoneando a teimosia e a boçalidade. Corte-se radicalmente com o sistema que alimenta esta coisa a que chamam futebol português, que suga o Benfica e incha à custa deste, mas que nas derrotas goza descaradamente e cospe no prato que indirectamente lhe dá de comer.

Castrador e castrista

 

 

 

Em Santiago de Cuba, um corajoso cidadão, aproveitando o silêncio da missa rezada por Bento XVI, gritou bem alto "abaixo o comunismo" e "abaixo a ditadura", sendo imediatamente manietado pelos fantoches de serviço do regime castrista e castrador. Os lacaios do partido silenciam a população, controlando as formas de comunicação com o exterior da ilha, entre reclusões e "trabalhos reeducativos" aos dissidentes políticos. Não paro de pensar no que acontecerá aquele bravo, aquela voz que ignora a cegueira partidária e a ideologia que sustenta uma ditadura. Como é possível usar uma t-shirt dum carrasco transformado em revolucionário e achar que isso é sinónimo de liberdade?

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D